GAÚCHA: Adolescente suspeito por matar PM na zona norte da Capital é liberado após depoimento

dddeUm adolescente de 16 anos suspeito de assassinar o PM Renato Luiz Laureano da Cunha na noite quarta-feira na Avenida Dante Angelo Pilla, zona norte de Porto Alegre, foi liberado após depor. O jovem havia sido identificado por policiais que encontraram um celular no Fox roubado por bandidos. No aparelho, fotos e imagens do suspeito com armas e carros foram encontrados.

Conforme a delegada Adriana Regina da Costa, diretora do Departamento Estadual da Criança e do Adolescente (Deca), o suspeito já tinha infrações em seu registro e seguirá sendo investigado. Ele foi liberado porque as testemunhas do crime não o reconheceram como sendo um dos dois bandidos.

A morte do 3º sargento ocorreu próximo das 21h. Ele chegava em uma igreja quando foi atingido por pelo menos um disparo de arma de fogo, recebeu atendimento médico do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) no local e morreu a caminho do Hospital Cristo Redentor.

Segundo o relato da Brigada Militar, dois criminosos roubaram um carro antes do crime, mas o corta-corrente foi acionado, o que fez com que os bandidos abandonassem o veículo e fugissem. A dupla estava próxima de uma igreja e reagiu quando foi abordada pelo policial à paisana.

A esposa do PM, no entanto, afirmou em depoimento que ouviu os dois suspeitos pedindo pela chave do carro do policial.

A 2ª Delegacia de Polícia do Adolescente Infrator, que investiga o crime, ouve testemunhas nesta quinta.

Colegas lembram comportamento exemplar
Os colegas do Grupamento de Supervisão de Vigilância e Guarda relembraram a postura “exemplar e amiga com todos” que o PM matinha. Segundo o sargento Alexandro Machado Cardoso,Cunha já tinha completado 30 anos de serviço e poderia se aposentar, mas seguia para trabalhava a mais de 30 anos. completamente
trabalharam bastante tempo

Tenente coronel ana maria haas
excelente servidor do grupamento um policial exemplar
trabalhou com ele no 9ª batalhão
desse tempo todo que ele foi um excevelente policial, de retidão de caráter e amigo de todos.

praça mais anttigo
Sargento Alexandro Machado Cardoso
Excelente policial, pai de família exemplar. nada que desabone a c onduta dele. já tinha completado 30 anos. trabalhava a mais de 30 anos. completamente
trabalharam bastante tempo
educado, trabalhou na operacional, na 11 e no 9
ele tava chegando na igreja adventista com a esposa
empurrou esposa para que nada acontecresse e foi atingido por disparo de meliante
carro tava estacionado
GAÚCHA

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *