Major Ribas assume o comando da Brigada Militar de Caxias do Sul

O novo comandante do 12º BPM, major Ribas, no momento da posse. Ele fez continência ao coronel Antônio Osmar da Silva. Foto: Jonas Ramos / Agencia RBS
O novo comandante do 12º BPM, major Ribas, no momento da posse. Ele fez continência ao coronel Antônio Osmar da Silva.
Foto: Jonas Ramos / Agencia RBS

Posse ocorreu durante comemorações do aniversário do 12º Batalhão de Polícia Militar

Pioneiro

O major Jorge Emerson Ribas assumiu nesta sexta-feira o comando do 12º Batalhão de Polícia Militar (12ºBPM), em Caxias do Sul. O anúncio oficial ocorreu durante o evento de comemoração dos 42 anos da instituição, realizado no UCS Teatro. Desde março de 2015, o batalhão era comandado pelo tenente-coronel Ronaldo Buss, que na próxima terça-feira assume o Comando Regional da BM do Vale do Caí.

Em Caxias há 16 anos, Ribas já esteve a frente do 12º BPM, entre dezembro de 2011 e dezembro de 2013. Surpreso com o convite de retornar à instituição, ele, que atuava na 3ª seção do Comando Regional de Polícia Ostensiva da Serra (CRPO/Serra), pretende adotar algumas estratégias para combater a insegurança na cidade.

— A minha preocupação é fazer um bom trabalho e cumprir minha função social. Sei que é trabalhoso e que o momento é diferente daquele de dois anos atrás. Realmente é um orgulho trabalhar no 12º BPM, apesar das dificuldades do momento atual —conta Ribas.

Além de dar boas-vindas ao novo comandante do Brigada Militar de Caxias, o chefe do CRPO/Serra, coronel Antônio Osmar da Silva, agradeceu ao empenho de Ronaldo Buss.

Tenente-coronel Ronaldo Buss (esq.) ao lado do major Jorge Emerson Ribas durante a troca de comando da BM de CaxiasFoto: Jonas Ramos / Agencia RBS

— Destaco a forma como o tenente-coronel Buss tomava suas decisões, pois sempre teve absoluta coerência, mesmo sob tensão ou diante de opiniões contrárias. No tempo em que esteve no comando do 12º BPM, Buss também sempre se mostrou fiel aos princípios do batalhão e contribuiu, espontaneamente, com ideias de ações e projetos empreendedores capazes de solucionar os problemas enfrentados na cidade. Sem contar que sempre agiu em benefício da instituição — afirma ele.

Durante o evento de aniversário do batalhão, duas novidades foram apresentadas oficialmente: a aquisição de um drone para auxiliar no policiamento da cidade e a instalação de um aplicativo para registro de ocorrências online, que pretende otimizar o tempo dos policiais.

O drone custou R$ 6 mil, valor proveniente de convênios com a prefeitura. Ele tem abrangência de três quilômetros e atinge 500 metros de altura. Já o tablet, é um projeto-piloto que, inicialmente, será utilizado em oito núcleos de Policiamento Comunitário de Caxias. Os primeiros bairros serão São Pelegrino, Cruzeiro, Exposição, Universitário, Santa Catarina, Rio Branco, Desvio Rizzo e Floresta.

O equipamento foi adquirido numa parceria entre a Vara de Execuções Criminais, Ministério Público e BM. Os recursos vêm de valores apreendidos ou obtidos em transações penais e do apoio de uma empresa de Canoas, responsável pelo desenvolvimento do sistema.

Mais investimento em segurança pública

Presente no evento, o prefeito de Caxias do Sul, Alceu Barbosa Velho, anunciou o corte da verba publicitária. De acordo com Alceu, o valor será direcionado para a manutenção do policiamento comunitário da cidade.

O repasse para a Brigada Militar (BM) será utilizado na renovação, por mais dois anos, dos contratos de aluguel dos policiais que atuam em 11 núcleos comunitários, divididos em 14 bairros da cidade: Cinquentenário I e II, Marechal Floriano, Madureira, Universitário, Jardim América, Cruzeiro, Ana Rech, Vila Cristina, Serrano, Planalto, Desvio Rizzo, Esplanada e Fátima.

Ao todo, 36 policiais serão beneficiados com o repasse.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *