O PM é um profissional exposto a variadas situações críticas que trazem riscos a saúde e necessitam de constante monitoramento e apoio

img_n65022CRPO VRS realiza seminário pensando na saúde do policial militar
O Comando Regional de Policiamento Vale Rio dos Sinos (CRPO VRS) realizou na segunda-feira (26) um seminário para pensar sobre a qualidade de vida e a saúde do policial militar, tendo como premissa aspectos de sofrimento mental em especial: estresse, transtornos pós-traumáticos e suicídio que, segundo pesquisas, apresentam prevalências elevadas entre estes profissionais.
O seminário Pensando na saúde do policial militar ocorreu no salão de atos da universidade Feevale e contou com a participação das seguintes autoridades: coronel Haroldo Edilson Knebel, comandante do CRPO VRS; pró-reitora de extensão e assuntos comunitários da Feevale, Gladis Luiza Batista; tenente-coronel Ronie de Oliveira Coimbra, comandante do 25º BPM; tenente-coronel Marcel Vieira Nery, comandante do 3º BPM; major João Ailton Iaruchewski, comandante do 32º BPM; coordenador nacional do centro de valorização à vida, Anildo Fernandes; major Débora Day Stoever do DS; Paula Tonelo coordenadora de saúde da Feevale; Andreia Schneider presidente do movimento Paz em Novo Hamburgo.
Ciente que o policial militar é um profissional exposto a variadas situações críticas que trazem riscos a saúde e necessitam de constante monitoramento e apoio, o CRPO firmou convênios com a universidade Feevale.  Buscou ampliar os serviços de saúde disponibilizados aos policiais militares e seus familiares incluindo: quiropraxia, fisioterapia, nutrição e psicologia. Tradicionalmente a região oferece atendimento médico em sua enfermaria regimental (FSR). Há mais de dois anos, a seção biopsicossocial do Departamento de Saúde (DS), oferece serviços de assistência social e de psicologia. A partir deste semestre, o atendimento odontológico também será oferecido aos servidores.
O evento contou com a participação da banda de música do CRPO, além dos policiais militares e dos civis da região. Durante o evento o comandante regional coronel Haroldo destacou a preocupação acerca do bem estar dos policiais militares e que todo o seminário foi pensado para ser agradável e importante aos participantes.
A psicóloga Carolina Callegari ministrou a palestra “Vozes dos policiais”. Na sequência o major Felipe Costa Santos Rocha, oficial de inteligência do Estado Maior da BM e ex-comandante do Grupo de Ações Táticas Especiais (GATE), apresentou “Estresse no confronto policial” que ressaltou o resultado de estudos científicos a cerca do tema, aliando as suas vivências e reforçou a importância do treinamento constante e adequado.
O evento foi marcado por um “coffee break”, oferecido pelo movimento Paz NH e Confeitaria Brasil. Além da ginástica laboral e coreografia divertida ministrada pela sargento Ângela de Paula Maciel. Após, Anildo Fernandes apresentou o “CVV 188: um amigo do outro lado da linha”, esclarecendo o sistema de trabalho da instituição que recebe ligações gratuitas 24 horas contando com o apoio de voluntários que escutam pessoas em dificuldades variadas sem julgamentos ou críticas.
Por fim, o tenente-coronel da reserva Eduardo Ottonelli Pithan palestrou sobre “Ansiedade: como ela afeta nossas escolhas?” apresentando importantes e recentes pesquisas sobre o impacto do assunto na rotina dos policiais militares. O apoio para realização do evento foi da universidade Feevale, gráfica Pallotti, Saúde Paz, Sicredmil, gráfica Grafix, Brindes NH, movimento Paz NH, revista Expansão RS e CVV.
Comunicação Social/EMBM
Texto/foto: CRPO VRS
Publicação: Est. Brenda Aurelio – PM5

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *