Rádio Guaíba: PM morto durante assalto na zona Sul de Porto Alegre será cremado hoje

180916g1A cerimônia ocorre às 17h e contará com homenagem da Brigada Militar

O corpo do policial militar da reserva Roberto Pinceta, de 52 anos, está sendo velado hoje na Capela Um do Cemitério e Crematório Parque Saint Hilaire, na avenida Salgado Filho, 2980, em Viamão. Ele será cremado às 17h, após uma homenagem da Brigada Militar. Pinceta morreu no final da tarde de sábado, no Hospital de Pronto Socorro de Porto Alegre. De acordo a instituição, onde o PM estava internado há três dias, ele teve morte cerebral.

O policial da reserva foi atingido por um tiro na cabeça na manhã da última quarta-feira, durante tentativa de roubo ao veículo Prisma que dirigia, na avenida Otto Niemeyer, na zona Sul de Porto Alegre. O criminoso, que vestia um moletom vermelho e calça jeans, fugiu na direção da avenida Cavalhada, sem levar o veículo. Imagens de uma câmera de monitoramento registraram o crime. A família decidiu pela doação de órgãos do PM, que ocorreu ontem no Hospital Dom Vicente Scherer da Santa Casa de Misericórdia. Houve o aproveitamento das córneas, rins, fígado e pele.

Responsável pelo Comando de Policiamento da Capital (CPC) da BM, o coronel Mário Ikeda lamentou profundamente a morte do tenente da reserva, pois o conheceu quando conduziu o 1º Batalhão de Operações Especiais (1ºBOE). O oficial lembrou que Roberto Pinceta sempre foi “linha de frente” e atuava nas ruas em três décadas de dedicação à corporação, dos quais dez anos integrando as Patrulhas Especiais do 1º BOE. “Era um excelente profissional”, recordou o coronel Mário Ikeda, acrescentando ainda o lado parceiro dele. “Era um companheiro de farda”, resumiu.

Fonte:Rádio Guaíba

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *