Servidores da segurança cobram da Justiça pagamento integral de salários

Servidores da segurança cobram da Justiça pagamento integral de salários Ronaldo Bernardi / Agência RBS/Agência RBSAto pressionou poder judiciário a cobrar do governo Sartori que cumpra o que foi determinado em decisão liminar em junho do ano passado

Por: Zero Hora

Além de uma paralisação de 15 horas, o Bloco da Segurança Pública, composto por sindicatos da Brigada Militar, Polícia Civil, Susepe e Instituto Geral de Perícias, fez uma manifestação em frente à sede do Tribunal de Justiça (TJ), em Porto Alegre. O ato deve como objetivo pressionar o poder judiciário a cobrar do governo Sartori que cumpra o que foi determinado em decisão liminar em junho do ano passado: o pagamento integral dos servidores da segurança.

“O governo ignorou essa decisão e continuou parcelando os salários dos servidores, como mais uma vez acontece neste mês”, afirma um comunicado do bloco.

Além disso, os manifestantes chamam a atenção para a decisão do TJ que, em maio deste ano,determinou que o governo do Estado removesse, de imediato, todos os presos que se encontravam nas carceragens das delegacias aguardando vaga no sistema carcerário.

“Novamente o governo Sartori/PMDB ignorou a decisão judicial e, na semana passada, tínhamos mais de 100 presos nas carceragens das delegacias de Porto Alegre e da Região Metropolitana”, apontam os servidores.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *