Bombeiros morre após cair de viatura em quartel de Rio Pardo

aaa

Bombeiro morre após cair de caminhão em Rio Pardo

Terceiro-sargento Gerson Luiz Klafke, de 49 anos, estava de serviço quando o acidente aconteceu

Um incidente vitimou um bombeiro na tarde dessa sexta-feira, 7, em Rio Pardo. O terceiro-sargento Gerson Luiz Klafke, de 49 anos, estava em horário de serviço dentro do quartel do Corpo de Bombeiros. Segundo o tenente Dimas Gottardo, comandante dos bombeiros de Rio Pardo, o colega teria subido em um caminhão, no início da tarde, e por algum motivo tombou de cima do mesmo. O sargento bateu a cabeça durante a queda, sofreu traumatismo craniano e não resistiu.

“Não sabemos se ele tropeçou ou passou mal. Só sabemos que caiu”, contou o comandante. Logo após o incidente, os colegas acionaram uma equipe do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu). O bombeiro foi socorrido e encaminhado ao hospital, mas não resistiu. Na função desde 1991, o sargento Klafke já poderia ter se aposentando. Mas, conforme Gottardo, o colega amava a profissão. Atualmente, ele era motorista do caminhão, mas atuava em diferentes funções durante o atendimento das ocorrências.

“Ele fazia o que fosse preciso. Amava o que fazia. Foi salva-vidas por 20 anos. Mas agora queria ficar mais perto da família”, disse Gottardo. O comandante, que estava em Tramandaí devido ao treinamento para a Operação Golfinho, está retornando ao município para acompanhar o caso. “Não tenho palavras para explicar uma situação como essa”. Klafke residia em Rio Pardo, era casado com uma professora e pai de duas filhas.

3cb2d532d6c7ad9cbd74ab03ef2e6c7c20a739362567b6875e0f5dc09e20f751

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *