Corpo de Bombeiros Militar do Estado do Rio Grande do Sul (CBMRS) participam de curso de busca e resgate, no Chile

55626_zoom
Bombeiros do Chile, Colômbia, Uruguai, Paraná e do Rio Grande do Sul realizaram o curso

Profissionais do Rio Grande participam de curso de busca e resgate, no Chile

POR ANETE POLL/ASSESSORIA

Profissionais do Corpo de Bombeiros Militar do Estado do Rio Grande do Sul (CBMRS) concluíram o Curso de Busca e Resgate Urbano, realizado na Escola de Bombeiros de Santiago, no Chile. A equipe, de oito bombeiros do Estado do Rio Grande do Sul, sendo dois da corporação do Rio Grande, embarcou para o Chile no dia 9 de outubro para participar da atividade com duração de 60 horas. Participaram, ainda, bombeiros do Paraná e, também, da Colômbia e Uruguai.

Segundo o 1º sargento, Francisco Assis da Silva Miguel, da corporação do Rio Grande, durante o curso, os bombeiros gaúchos puderam se capacitar, através de treinamentos práticos, simulando situações de emergências diversas, conduzidos por bombeiros chilenos que compõem a equipe Usar (Urban Search and Rescue), de Santiago. Também participou o bombeiro do Rio Grande, soldado Maximiano Goulart Nunes.

Francisco Miguel informou que foram realizadas oficinas teóricas e práticas. Entre as teóricas, atividades diversas, como escoramentos, busca e resgate em espaços confinados, perfuração e arrombamento, buscas técnicas, levantamento e escoramento de estruturas pesadas, resgate em deslizamentos, resgate em altura, dentre outras atinentes ao tema. “Na prática, colocamos de forma simulada o que acontece em uma situação real”, apontou o 1º sargento.

O curso foi uma experiência marcante para os bombeiros gaúchos, que junto com os bombeiros do Uruguai, Panamá, Equador e Colômbia, além de bombeiros de outros estados brasileiros, tiveram a oportunidade de se especializarem em um país considerado referência mundial na atividade e Busca e Resgate Urbano.

O objetivo principal do curso foi o de capacitar os bombeiros a realizar buscas e salvamento de vítimas afetadas por um desastre, como inundação, terremoto, temporais, vendavais e outros”, frisou Francisco Miguel. Ele ressaltou, ainda, que “com certeza, todo este conhecimento, este aprendizado, será repassado aos nossos colegas qui em Rio Grande”.

A indicação dos militares do 3º Batalhão de Bombeiro Militar partiu do comandante, tenente Coronel André Ricardo Pereira Silvério, que salientou o quanto é importante que seus bombeiros estejam treinados e preparados para atender a comunidade rio-grandina e a Região Sul do Estado, da melhor forma possível.

Jornal Agora

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *