GAÚCHA: “É constrangedor”, diz Sartori sobre parcelamento de salários

sartori-karine-viana-21445437Por Maria Eduarda Fortuna

GAÚCHA

O governador José Ivo Sartori disse nesta segunda-feira (25) que de sente “constrangido” por ter que parcelar os salários dos servidores. Ele abriu nesta tarde a Semana do Servidor Público 2016, que contará com palestras e oficinas para celebrar a data. Sartori elogiou o trabalho de funcionários que “mesmo com as dificuldades”, oferecem um serviço de qualidade à população.

“É constrangedor. Para mim pessoalmente é um constrangimento muito grande, ninguém gosta disso”, destacou.

Ele explicou que o parcelamento deve acontecer somente em últimos casos, e por isso o Executivo optou muitas vezes por atrasar o pagamento da dívida com a União para poder quitar os salários. Sartori ainda lembrou que nem mesmo a renegociação da dívida foi suficiente para equilibrar as contas do Estado e que mensalmente faltam R$500 milhões para pagar as despesas.

“Se todos tivessem a responsabilidade que nós estamos tendo hoje, com certeza não teríamos parcelamento” completou o governador que ainda alegou que em 45 anos, o Rio Grande do Sul teve as receitas maiores que as despesas em apenas sete deles.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *