QUEM SÃO OS CRIMINOSOS MORTOS PELA BM EM CAXIAS DO SUL

14718795_1476153445734032_1380450830120035501_nUm levantamento feito pela Agência Regional de Inteligência do CRPO/Serra traça um pouco do perfil dos envolvidos na ocorrência que resultou na morte de seis pessoas na última segunda-feira (17) em Caxias do Sul. Dos sete envolvidos apenas a mulher não tinha passagens pela polícia, um era procurado da justiça, três estavam em liberdade provisória, e outros dois dos criminosos estavam cumprindo pena em Regime Domiciliar.

EDUARDO DE JESUS – 19 ANOS
Natural de Caxias do Sul o assaltante de banco foi preso em flagrante, após ter roubado em fevereiro de 2015 o banco do Brasil em Campestre da Serra. Mesmo com uma condenação definitiva (8 anos e 5 meses) por roubo qualificado e sendo réu em mais três processos todos pela prática do crime de roubo e extorsão, em agosto deste ano foi colocado em PRISÃO DOMICILIAR, e dado como procurado em outubro.

EDUARDO MASCARELLO – 23 ANOS
Natural de Caxias do Sul, preso em flagrante em julho deste ano por receptação de veículo e porte ilegal de armas de fogo, todas com numeração suprimida. Ficou menos de 10h preso e foi colocado em LIBERDADE PROVISÓRIA.

ROBSON DE SOUZA NUNES – 30 ANOS
Natural de Caxias do Sul, com antecedentes criminais por roubo de veículo e por porte ilegal de arma de fogo estava em liberdade desde setembro de 2013. Ele foi dado como PROCURADO, com mandado de prisão expedido pela justiça com validade até 2021, em março deste ano, após ter sido condenado por homicídio.

RODRIGO PAVAN – 34 ANOS
Natural de Caxias do Sul, possuí dois indiciamentos por furto qualificado, foi preso pela última vez em maio de 2015 e cinco horas depois de dar entrada no presídio já estava em LIBERDADE PROVISÓRIA.

CRIMINOSO FERIDO PELA BM JÁ ACUMULA MAIS DE 20 ANOS DE PRISÃO

ANDERSON LIMA DE MIRANDA – 34 ANOS
Natural de Caxias do Sul e acumula indiciamentos por roubo a pedestre, receptação, porte ilegal de arma de fogo, furto qualificado e outras dezenas de acusações por roubo a estabelecimento comercial. Ele foi preso em cumprimento de mandado em julho deste ano, e em outubro foi colocado em PRISÃO DOMICILIAR. Considerando somente os processos já transitados em julgado, ele já acumula mais de 20 anos de prisão, sendo 13 em regime fechado.

EXECUTADOS PELA QUADRILHA

JONAS ALMEIDA DE MELO – 26 ANOS
Natural de Caxias do Sul e possui indiciamentos por porte ilegal de arma restrita, tráfico de entorpecentes, porte ilegal de arma de fogo e foi preso pela última vez por roubo veículo dia 14/10/2016, entrou no presídio às 11h do dia 15 e três horas depois ele foi colocado em LIBERDADE PROVISÓRIA. Em 2014 ele chegou a ser preso negociando um fuzil cal.7,62 no estacionamento de um supermercado no bairro São Leopoldo.

LILIAN CASSINI – 21 ANOS
Natural de Caxias do Sul, SEM ANTECEDENTES.

FONTE: Brigada Militar Crpo Serra

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *