RÁDIO UIRAPURU: Brigada Militar deixa de fazer monitoramento interno no Presídio Regional de Passo Fundo

Rádio Planalto
Rádio Planalto

A AMAPERGS- Sindicato dos Servidores Penitenciários do Estado do Rio Grande do Sul está realizando um protesto no Presídio Regional de Passo Fundo. O motivo do protesto é a desocupação da guarita frontal do presídio por parte da Brigada Militar.

A SUSEPE determinou que os agentes penitenciários assumam o posto de trabalho. A Brigada Militar realizou este trabalho por 39 anos. Os agentes não possuem atribuição legal para assumir esta responsabilidade.

O diretor do presídio, Mauro Garlet, se disse surpreso pela saída dos policiais e já fez um pedido de retomada ao comando da Brigada Militar.Agora a expectativa é de um retorno positivo por parte da Brigada Militar, já que o presídio conta com 50 agentes para o revezamento do controle de quase 700 presidiários.

Em contato com o comandante do 3ºRPMon de Passo Fundo, tenente coronel Ricardo Hoffman, ele explicou que a Brigada Militar apenas está cumprindo com o que diz a constituição, onde é estipulado que a corporação prestará a guarda externa.

O comandante reafirmou que a Brigada Militar seguirá com pontos fixos de monitoramento, na área externa, além de policiamento constante com as viaturas no entorno da casa prisional.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *