Soldado Domingues recebe alta hospitalar

14590375_1484540721561971_6890907841360651109_nNa manhã de quarta-feira (26/10), no Hospital Municipal da cidade de Novo Hamburgo, o soldado Peter Caetano Domingues, da Brigada Militar, recebeu alta hospitalar e retornou à sua casa.

Há exatamente 94 dias, mais precisamente no sábado de 23/7, na Rua Duque de Caxias, bairro Ideal em Novo Hamburgo, o policial de folga interviu durante um roubo, na fila de uma casa noturna, onde restou gravemente ferido por disparos de arma de fogo, efetuados por três indivíduos que conseguiram fugir. Tendo sido atingido na artéria femural, recebeu os primeiros socorros de uma estranha que estava na fila, ato esse que garantiu sua chegada com vida ao hospital. No dia seguinte, a Brigada Militar logrou êxito na captura dos marginais.

Depois de mais de três meses de internação na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do Hospital Municipal e 25 procedimentos cirúrgicos, muitos deles com grave risco de morte, nosso guerreiro recebeu alta médica e já está em casa.

Ele chegou com pouquíssimas chances de sobrevivência e lutou bravamente por sua vida a cada dificuldade que surgiu, entre complicações no seu quadro de saúde e riscos de amputação e infecção. Havia uma previsão de alta em agosto, quando Domingues mais uma vez enfrentou o bloco cirúrgico e saiu vitorioso!

Hoje, já em casa, o soldado Peter Caetano Domingues, o comando e todo efetivo do 3° Batalhão de Polícia Militar (3 BPM) agradece imensamente à equipe do Hospital; à todas pessoas -muitos até estranhos – que aderiram à campanha #forçadomingues e fizeram suas doações de sangue; à equipe da loja Ortopedia Novo Hamburgo, pelas doações dos produtos necessários para manutenção dos curativos e principalmente às orações e boas vibrações enviadas a ele nessa dura batalha.

No momento da despedida do ambiente hospitalar, o soldado Domingues e seus colegas presentearam o médico José Fernando Pires, médico intensivista e coordenador da Unidade de Terapia Intensiva, com uma placa de agradecimento ao atendimento, cuidado e paciência que todos profissionais daquele nosocômio tiveram para com a Brigada Militar!

O soldado ainda necessita de diversos cuidados médicos, fisioterapia, curativos, tratamento que ainda perdurará por alguns meses e que, com certeza, mais uma vez, sairá vitorioso.

FONTE: Brigada Militar Crpo Serra

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *