Brigada Militar faz balanço de um mês do BM Online em Caxias do Sul

21787175Aplicativo permite registro de ocorrências no local, com redução de até 60% no tempo de atendimento

Eliane Brum

O 12º Batalhão da Brigada Militar (12ºBPM), com sede em Caxias do Sul, apresentou na manhã desta sexta-feira um balanço do primeiro mês do Brigada Online, projeto piloto que permite o registro de ocorrências e termos circunstanciados (TCs) no local do fato, por meio de um aplicativo instalado em um tablet. O principal ganho, além da qualificação do serviço, é o tempo: a Brigada calcula uma redução de 60% no tempo total de atendimento da ocorrência _ desde o acolhimento ao cidadão até o envio do documento à Polícia Civil ou ao Poder Judiciário.

Outra vantagem é a eliminação da burocracia com papelada: os inúmeros documentos necessários para o registro, que até então eram manuscritos e posteriormente informatizados pela BM, são preenchidos na hora, digitalmente, podendo ser, inclusive, acompanhados de fotos do local e do fato. Com impressoras acopladas às viaturas, os boletins resumidos são impressos e entregues ao interessado em poucos minutos, evitando ainda que a pessoa tenha de se deslocar até a polícia para retirá-lo. A ferramenta é utilizada para todos os tipos de ocorrências (acidentes de trânsito, furtos, roubos, recolhimento de veículos e etc).

Entre 13 de outubro e 13 de novembro, conforme o major Jorge Emerson Ribas, comandante do 12º BPM, foram atendidos 224 procedimentos, entre boletins de atendimento, ocorrências de trânsito, ocorrências policiais, TCs e prisões em flagrante. O número representa cerca de 15% de todos os documentos produzidos pela BM por mês em Caxias do Sul. O Brigada Online funciona mesmo em pontos onde o sinal de internet não é bom: o registro é feito, impresso e, quando o sinal melhorar, o sistema recebe a ocorrência imediatamente.

— A avaliação que recebemos da comunidade nesse período foi excelente, com citações ao atendimento melhor, mais rápido e menos burocrático — enumera Ribas.

Como funciona como um projeto experimental — Caxias é pioneira no Rio Grande do Sul na implementação do Brigada Online —, o sistema não abrange toda a cidade: apenas 10 equipamentos são usados por policiais de oito núcleos comunitários, além das bases nos parques Cinquentenário e Macaquinhos.

Conforme Ribas, Caxias do Sul também deve ser pioneira no Rio Grande do Sul na implantação de outro aplicativo: o talonário eletrônico de multas (TEM), vinculado ao Departamento Estadual de Trânsito (Detran/RS). Atualmente, o policial faz o registro da infração em um talonário de papel, encaminha o documento ao cartório de trânsito da BM, que introduz os dados no sistema do Detran/RS. Com o aplicativo, esse caminho é eliminado.

A apresentação do balanço também marcou o aniversário de 179 anos da Brigada Militar no Estado, comemorados em 18 de novembro.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *