CORREIO DO POVO: Reviravolta pode ocorrer no caso TJM

Por tjm.rs.gov.brA tentativa do governo de extinguir órgãos da administração indireta, que levou a cobranças sobre a manutenção do Tribunal de Justiça Militar, gerou desdobramentos nos bastidores. Autor da PEC de extinção do TJM, Pedro Ruas solicitou a redistribuição na Comissão de Constituição e Justiça da relatoria da proposta, que está há mais de um ano com Jorge Pozzobom. O presidente da comissão, Vilmar Zanchin, acatará o pedido na reunião de amanhã. Pozzobom afirmou à coluna, no entanto, que pretende apresentar seu parecer pela inconstitucionalidade da proposta. Neste caso, o parecer deve ser derrubado e a relatoria redistribuída, provavelmente a deputado favorável à extinção. Apesar de acreditar que a iniciativa deve ser do Tribunal de Justiça, o governo não atuará pela manutenção do TJM, que tem custo de R$ 40 milhões ao ano.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *