Governo gaúcho planeja sobretaxar servidores

img_3130Como a ABAMF já desconfiava, o Governo do RS planeja enviar, dia 22 de novembro, no pacote de projetos  para ser votado na Assembleia Legislativa, uma proposta que aumentará o desconto na Previdência do servidores estaduais para 14%. O pacote ainda inclui, extinções, privatizações e demissões. Serão cerca de 20 medidas, entre decretos, projetos de lei e mudanças constitucionais.

O governador José Sartori pretende realizar uma redução drástica na máquina pública, o que irá precarizar ainda mais os serviços prestados a população.

E o 13° salário foi transformado em uma incógnita para os servidores do Executivo. Faltando poucos dias para dezembro,  se ouve que o pagamento só acontecerá com a ajuda do Governo Federal. Se a situação é ruim em 2016, para 2017 o orçamento  prevê  déficit de R$ 2,9 bilhões.

Para votar os projetos, o governo deve usar a Brigada Militar para conter manifestações na frente da Assembleia Legislativa.

Paulo Rogério N. da Silva

Jornalista ABAMF

2 Comentários

  1. Por favor Brigada, se voces não se unerem com as demais classes, o governo vai fazer ainda pior porque tem o apoio da “segurança” publica. Não fiquem contra os colegas. Se voces afrouxarem as mnifestações o governo não tem onde se apoiar!

  2. Espero que os colegas que vão estar de serviço na assembleia tenham consciência que estavam fazendo a segurança de deputados que estavam votando projetos que prejudicam os servidores estaduais!!! Governo FDP

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *