Guarnição da BM está há 3 dias parada para custodiar preso em Porto Alegre

download-4As regiões afetadas com a saída dos policiais das ruas são o Centro e o extremo sul

Uma guarnição da Brigada Militar está há três dias fora de serviço para custodiar um preso em frente ao Palácio da Polícia, em Porto Alegre. Na manhã de hoje, dois policiais militares seguiam parados na viatura do 19º Batalhão, responsável pelo patrulhamento da zona leste, com o foragido preso junto a carroceria.

De 12 em 12 horas, policiais fazem a troca de custódia do detido. Um dos PMs que monitora o preso, que era foragido por tráfico de drogas, diz que a situação é muito complicada para os brigadianos.

“Já está com cheiro muito forte dentro da viatura, por que o preso não toma banho desde que pegamos ele”, reclama o policial, que preferiu não se identificar.

Outros dois presos são mantidos em viaturas na manhã de hoje, deixando quatro policiais fora de serviço. As regiões afetadas com a saída dos policiais das ruas são o Centro e o extremo sul.

As carceragens das duas delegacias de Pronto Atendimento de Porto Alegre estão interditadas desde o dia 31. Segundo o delegado Marco Antônio Duarte de Souza, a medida foi tomada após a ameaça de um homicídio no interior da cela. Desde então, a situação segue sendo complicada em caso de recaptura de foragidos ou prisões em flagrante efetuadas pela Brigada Militar.

A Susepe diz que segue monitorando a abertura de novas vagas para resolver a situação.

GAÚCHA

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *