Operação conjunta de Exército e BM mobiliza efetivo no Menino Deus

Atividade auxilia no treinamento de tropas e aumenta sensação de segurança, avalia o general Castro | Foto: Ricardo Giusti
Atividade auxilia no treinamento de tropas e aumenta sensação de segurança, avalia o general Castro | Foto: Ricardo Giusti

Atividade auxilia no treinamento de tropas e aumenta sensação de segurança, avalia o general Castro

Entre a tarde e a noite desta terça-feira, o 3º Batalhão de Polícia do Exército (3ºBPE) e a Brigada Militar realizaram uma operação em conjunto na rua Corrêa Lima, em frente ao Centro de Preparação de Oficiais da Reserva de Porto Alegre (CPOR/PA), no bairro Menino Deus, em Porto Alegre. De acordo com o chefe do Centro de Coordenação de Operações do Exército, general Castro, a ação é um dos treinamentos da tropa da Polícia do Exército. “São operações de garantia da lei e da ordem, que servem para a tropa treinar em ambiente urbano e agregar o conhecimento da Brigada Militar às nossas Operações”, destacou.

Ainda de acordo com o general Castro, 36 homens participaram da barreira e outros 20 fizeram rondas a cavalo na região. “Estes treinamentos servem para a tropa consolidar os conhecimentos passados em aula”, ressaltou Castro. Para o comandante-geral da Brigada Militar, coronel Alfeu Freitas, as operações garantem uma sensação de segurança para a comunidade e são atividades que a BM tem interesse em participar. “Temos viaturas circulando que estão acompanhando as atividades nos arredores”, explicou Freitas.

Uma das operações de parceria, realizadas entre a Polícia do Exército e a Brigada Militar, já resultou em prisões e apreensão de armas no bairro Ipanema, na zona Sul da Capital. “Fazemos a abordagem, a identificação e a revista no carro”, relatou Freitas. Conforme o general Castro, mais operações devem ser realizadas até dezembro. Apesar de ser uma tarefa de treinamento, o secretário estadual da Segurança, Cezar Schirmer, destaca que a ação traz consequências muito positivas no enfrentamento em Segurança Pública.

“Se dependesse da minha vontade seria todos os dias”, disse Schirmer sobre as operações. “Quem sabe no futuro faremos em outros municípios do Rio Grande do Sul”, informou Schirmer sobre as atuações. Segundo o secretário, o Estado está em guerra. “Nós estamos em guerra, diante da dimensão do problema, a criminalidade está aí e avançando. Nesta guerra nós precisamos de todos, sem exceção”, ressaltou Schirmer. “A palavra-chave nesta guerra é a cooperação. É somar um pouco de cada um em favor de todos”, explanou Schirmer. Segundo ele, o que importa, é destacar que pela primeira vez a Brigada Militar, a Polícia do Exército e a Secretaria de Segurança Pública estão atuando juntas. O secretário informou que deve apresentar alternativas para solucionar a falta de vagas nos presídios até o final desta semana.

CORREIO DO POVO

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *