ZERO HORA: Dinheiro da Ford permitirá pagar até R$ 2 mil na quarta-feira a servidores

21927973Empresa depositou na quinta-feira à noite R$ 217,9 milhões do acordo feito para encerrar o processo movido por Olívio Dutra  

Com o depósito de R$ 217,9 milhões feito pela Ford na quinta-feira à noite, o Estado deverá quitar na próxima quarta-feira os salários dos servidores que ganham até R$ 2 mil líquidos. O valor exato a ser depositado em 30 de novembro será definido nesta segunda-feira.

Em reunião no final da tarde de sexta-feira (foto), o subsecretário do Tesouro, Leonardo Busatto (E), apresentou ao secretário Giovani Feltes e aos colegas Luiz Antônio Bins e Flávio Pompermayer as projeções que indicam o pagamento de uma parcela maior do que a dos últimos meses.

 Além do dinheiro da Ford, Feltes conta com o pagamento de pelo menos R$ 140 milhões da General Motors, que está antecipando a devolução de recursos do Fundopem, e com uma parcela do Fundo de Exportação (Fex).Graças à entrada desses recursos extraordinários, foi possível liberar R$ 90 milhões para a saúde, que não tinha recebido nada em novembro.

Persistem as dificuldades para pagamento do 13º salário. Pela proposta que está na Assembleia, o governo quer autorização legal para pagar 50% até o final do ano e pedalar os outros 50% para até novembro do ano seguinte. Em outro projeto, o Piratini propôs novo calendário pelo qual os salários serão pagos no mês seguinte, sendo os mais baixos no quinto dia útil e os mais altos no 20º.

ALIÁS: A ironia na comemoração do acordo com a Ford é que os aliados do atual governo eram contra a ação, quando Olívio Dutra (PT) foi à Justiça exigir o ressarcimento do dinheiro que o Banrisul havia liberado para a montadora. Hoje, o dinheiro devolvido pela Ford é que vai salvar o salário de novembro.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *