Uruguaiana sem Corpo de Bombeiros

Apesar do discurso do governo do RS para efetivar mudanças na marra até mesmo na Constituição Estadual, a situação permanece inalterada na segurança pública dos gaúchos. falta de efetivo, falta de pagamento de horas-extras, falta de incentivo à permanência em atividade daqueles que já podem pedir a ida para a reserva.

Nesta manhã(19/12) mais um Corpo de Bombeiros foi fechado. Em Uruguaiana a unidade militar foi fechada por falta de efetivo e horas-extras. Os bombeiros solicitam a população que redobrem os cuidados para evitar acidentes, pois, caso necessário, o socorro ira demorar a chegar.

A pergunta que a ABAMF faz é: Até quando? Até ocorrer uma grande tragédia?

Paulo Rogério N. da Silva

Jornalista ABAMF 

 

 

Deixe uma resposta