Rádio Guaíba: Em dois anos de mandato, Sartori só pagou 11 meses em dia

Em 25 meses à frente do Executivo, governador parcelou 14 vezes o salário dos servidores

Na metade do mandato à frente do Palácio Piratini, o governador José Ivo Sartori, parcelou mais vezes o salário do funcionalismo do que pagou de forma integral. O quadro do funcionalismo é composto por 344 mil matriculas, segundo a Secretaria da Fazenda.

Em 25 meses à frente do governo gaúcho (já considerado a folha de janeiro de 2017, que vai ser paga na próxima semana), Sartori parcelou 14 vezes o salário dos servidores. Em apenas 11 meses, os vencimentos foram honrados dentro do prazo estabelecido. O primeiro parcelamento ocorreu em julho de 2015, quando foram depositados R$ 2.150 para cada matrícula.

Em 2017, o calendário prevê faixa inicial de R$ 5 mil, a maior já paga pelo Executivo. Conforme o secretário estadual da Fazenda, Giovani Feltes, janeiro é o mês de maior receita do ano em decorrência de recursos vindos do IPVA.

A menor parcela inicial repassada pelo Piratini se registrou em outubro de 2015, quando a Fazenda depositou apenas R$ 450 na conta dos servidores. Em dezembro, a folha fechou em R$ 1,4 bilhão. Para quitar 100% dos vencimentos, o Executivo realizou três depósitos, o último em 4 de janeiro. Em paralelo, parcelou o 13º em 12 vezes. A segunda vai ser paga na próxima terça.

Confira abaixo a faixa inicial paga em cada mês

Ano 2015

– Julho – Parcela inicial: R$ 2.150

– Agosto – Parcela inicial: R$ 600

Ano 2016

– Fevereiro – Parcela inicial: R$ 1.750

– Março – Parcela inicial: R$ 1.250

– Abril – Parcela inicial: R$ 2 mil

– Maio – Parcela inicial: R$ 3 mil

– Junho – Parcela inicial: R$ 2,6 mil

– Julho – Parcela inicial: R$ 650

– Agosto – Parcela inicial: R$ 800

– Setembro – Parcela inicial: R$ 810

– Outubro – Parcela inicial: R$ 450

– Novembro – Parcela inicial: R$ 2.150

– Dezembro – Parcela inicial: R$ 2.260

Ano 2017

– Janeiro – Parcela inicial: R$ 5 mil

Deixe uma resposta