SSP lança aplicativo de consultas policiais para telefone celular

POR CLAITON SILVA/SSP

O Rio Grande do Sul já conta com mais uma ferramenta no combate à criminalidade. Lançado oficialmente nesta quinta-feira (26), o aplicativo para telefone celular Consultas Policiais permitirá aos agentes da Segurança Pública mais agilidade na prestação de serviços.

A ferramenta tem como objetivo final prestar os mesmos serviços que o Sistema de Consultas Integradas. Desenvolvido pela Companhia de Processamento de Dados do Estado do Rio Grande do Sul (Procergs) em parceria com a Secretaria da Segurança Pública (SSP), o aplicativo é de uso restrito e obedece a todos os requisitos online de segurança.

“O celular faz parte do cotidiano de todos nós. Mesmo com as dificuldades estruturais da nossa telefonia, possuímos conexões cada vez mais estáveis. Através da demanda apresentada, a Procergs nos entregou uma solução satisfatória, que beneficiará em muito o trabalho dos nossos servidores”, avalia o secretário Cezar Schirmer.

A liberação em formato de piloto ocorreu em 03 de novembro de 2016. Após um mês, o aplicativo foi disponibilizado de forma definitiva. Nele, os usuários podem consultar placas de veículos, histórico de ocorrências criminais através do RG de um cidadão, ocorrências de roubo/furto de veículos e obter, também, o histórico das consultas efetuadas anteriormente.

O diretor do Departamento de Inteligência (DISP/SSP), delegado Rodrigo Pohlmann, destaca o avanço que o aplicativo proporcionará. “Permitirá pesquisar de forma célere diretamente do local em que o policial se encontre, sem a necessidade de contato com uma base fixa”, salienta.

Outro diferencial é a possibilidade de confrontar a imagem da pessoa abordada com aquela armazenada nos bancos de dados. “Aumenta em muito a possibilidade de captura de criminosos foragidos e facilita a identificação de pessoas com histórico criminal”, ilustra o diretor do DISP.

Atualmente, a ferramenta vem sendo utilizada por 120 usuários – servidores da SSP, Brigada Militar, Instituto-Geral de Perícias, Polícia Civil, Superintendência dos Serviços Penitenciários e Polícia Rodoviária Federal. A intenção da secretaria é massificar o seu emprego, dentro de um cronograma de expansão que não gere instabilidade no sistema ou facilite o processo de autorização para o uso.

O aplicativo

O Consultas Policiais pode ser instalado em celulares com sistema operacional Android 4.1 ou superior. Para utilizá-lo, o usuário precisa dispor de pacote de dados, pacote de SMS e ter, no mínimo, 15mb disponíveis para armazenamento no momento de sua instalação. A expectativa é de que ocorra a liberação da versão para celulares com o sistema operacional iOS ainda no primeiro semestre, tendo em vista que a solução está em fase de análise e homologação pela Apple.

Faça o download de imagens em alta resolução aqui.

Deixe uma resposta