Rádio Guaíba: A dois dias do início do Plano Nacional de Segurança, BM aguarda confirmação de repasse de horas extras

Com previsão de largada na próxima quarta-feira, o início do reforço no policiamento ostensivo na Capital ainda não tem garantias de verba para o pagamento de horas extras para 400 homens da Brigada Militar. Na semana passada, durante lançamento do Plano Nacional de Segurança, no Palácio Piratini, o repasse de R$ 2,3 milhões do governo federal foram anunciados, mas o Comando da BM aguarda a confirmação dos valores em caixa.

A Brigada Militar previa traçar a estratégia de ação a partir de hoje, mas conforme o subcomandante da corporação, coronel Mário Ikeda, o governo gaúcho aguarda orientações do Ministério da Justiça. “Como vão fazer o repasse das verbas e a partir de quando. Precisamos definir também como operacionalizar a operação. Além disso, aguardamos quando serão enviados os homens da Força Nacional”, ressalta.

Procurada pela reportagem, a assessoria de imprensa do Ministério da Justiça ainda não respondeu aos questionamentos relacionados ao repasse do montante para pagar pelas atividades extras dos policiais.

No anúncio do Plano, o ministro em exercício, José Levi Mello do Amaral Júnior, também informou que serão enviados 130 agentes da Força Nacional de Segurança a se juntarem aos 71 homens que já estão em atividade em Porto Alegre.

Fonte: Samantha Klein|Rádio Guaíba

Deixe uma resposta