Governo tentará acordo para votar PECs nesta terça-feira na Assembleia

Entre as propostas que o Piratini quer colocar em plenário está a que exclui a Brigada Militar da guarda externa dos presídios

Por: Débora Cademartori ZERO HORA

O Piratini vai tentar refazer o acordo da última sessão na Assembleia, há 15 dias, e colocar em votação nesta terça-feira a proposta que exclui a Brigada Militar da guarda externa dos presídios e a que dificulta a aposentadoria precoce dos servidores públicos.

A retirada da BM do lado de fora das cadeias tem o apoio do PDT, agora fora da base governista, que apresentou projeto igual em 2015.

Se dependesse do governo, todas as PECs do Executivo prontas para apreciação seriam votadas nesta terça-feira. Sem PTB e PDT, o problema será garantir maioria qualificada (33 votos) para esses projetos.

Entre as propostas que precisam da aprovação de 33 deputados, estão a que altera a data de pagamento da folha e a que modifica as regras para a cedência de servidores a sindicatos. Por enquanto, o governo não reuniu votos suficientes.

Deixe uma resposta