Coronel da PM afirma que novela da Globo é ‘desserviço para a nação’

Comandante-geral da Polícia Militar da Bahia, o coronel Anselmo Brandão criticou o enredo da novela das 21h da Rede Globo – “A Força do Querer”.

Por Vinícius Ribeiro | Fotos: Paulo Macedo/Bocão News 

Em entrevista na Rádio Metrópole, na manhã desta terça-feira (8), o oficial afirmou que a narrativa é um ‘desserviço’, por conta das cenas que abordam a movimentação do tráfico de drogas no Rio.
“Eu adoro a arte, adoro as novelas, mas quando a gente assiste esta última novela da Globo. A cena que apareceu ali, ensinando a bandidagem como guardar os fuzis, como se omitir da polícia. Aquilo ali é o fim da picada. Não sei se é pela audiência. É uma coisa que acontece nas favelas do Rio de Janeiro, e, agora, dizer para as pessoas, para o Brasil como faz aquilo, dizer para a Bahia, apesar de aqui não ter aquela situação de armas longas, como fuzis e favelas como tem ali. É um desserviço para a Nação, infelizmente”, classificou o chefe da PM baiana.

1 Comentário

  1. A Globo so faz esse tipo de programação!! so assiste os favelados e bandido e pessoal da esquerda. Não tem nada de cultura nas novela da globo com excessão da novela Novo Mundo. o seriado os dias eram assim é uma piada, demonstra que a Globo é de esquerda ela passa para o publico que os comunistas são os bonzinhos e os militares os bandidos. Se Bolsonaro ganhar a as eleições a primeira coisa é mandar a globo fora do do Brasil.fazer a globo pagar os impostos devidos ao Brasil e fazer a Globo devolver todo o dinheiro que pegou do lula e sua quadrilha. FORA GLOBO

Deixe uma resposta