Sem acordo, PLC 147 não é votado novamente

Ainda sem chegar a acordo com relação a modificações no PLC 147, o quórum para apreciação da proposta foi mais mais uma vez insuficiente. Somente 26 deputados registraram presença. O quórum mínimo é de 28 parlamentares .

A proposta ficou para ser votada somente na próxima semana. Enquanto isso, as entidades brigadianas seguem insistindo para que vontade da categoria seja respeitada.

ABAMF NA LUTA

Paulo Rogério N. da Silva

JOrnalista ABAMF

2 Comentários

  1. A PLC 147 partiu do executivo para o executivo apreciar, as associações estão efetuando um papel fundamental no diálogo e na costura de emendas, mas estão se desgastando, deveriam apresentar o anseio de toda a tropa, o Plano de Carreira, pois só assim fariam os deputados conhecerem o que queremos verdadeiramente! No governo passado perdemos tempo, este governo saiu na frente e apresentou o PLC 147 que não é de contento geral, sei que alguns dirão que o Plano de Carreira também não… Mas já foi entregue ao Comandante que continua avaliando a sua viabilidade, por favor, senhores se todos já possuem o conhecimento, que o governo também seja informado do que queremos… Não podemos ter tudo, mas devemos apresentar nossos anseios! Não compreendo o motivo que nos levam a tanta desunião e discórdia, pois deveríamos nos unir em prol de toda a classe… Mas não é o que acontece… Apresentem o Plano e vejam no vai dar… Só assim eles terão conhecimento da realidade funcional que assola os praças da BM!

Deixe uma resposta