PM vê pai ser espancado e é morto a pauladas em SP

PM foi morto a pauladas dentro da própria casa em Praia Grande, SP (Foto: Arquivo Pessoal)

Caso ocorreu na noite deste sábado (4), em Praia Grande, no litoral paulista. Ninguém foi preso.

Por G1 Santos

Um policial militar foi morto a pauladas, na noite deste sábado (4), em Praia Grande, no litoral de São Paulo. O pai do policial, que é deficiente físico, também foi agredido pelos suspeitos e está internado em estado grave.

Segundo a polícia, dois policiais militares estavam em serviço quando foram chamados para atender uma ocorrência no bairro Jardim Anhanguera. Chegando ao local, notaram que a casa estava com todos os móveis fora do lugar, e o colega de profissão Willian Ribas, de 29 anos, já estava morto.

Segundo informações apuradas pelo G1, o jovem, que se formaria em dezembro na Escola da Polícia Militar, teve sua casa invadida pelos suspeitos e foi morto a pauladas por volta das 23h de sábado.

Antes de morrer, Willian viu seu pai, José Amauri Ribas, de 53 anos, que é deficiente físico, ser agredido também com pauladas e golpes de faca pelos suspeitos. Segundo a polícia, o pai do rapaz foi socorrido em estado grave para o Pronto Socorro do Hospital Irmã Dulce.

A polícia abrirá inquérito para investigar o que motivou a morte do policial militar e quem foram os autores do crime. O caso foi registrado na Delegacia Sede da cidade.

PM foi morto a pauladas dentro da própria casa em Praia Grande, SP (Foto: G1 Santos)

PM foi morto a pauladas dentro da própria casa em Praia Grande, SP (Foto: G1 Santos)

Deixe uma resposta