Correio do Povo: Dois morrem durante confronto com a Brigada Militar em Alvorada

Arma usada pelos criminosos durante confronto | Foto: Brigada Militar / Divulgação / CP

Durante abordagem, um dos criminosos teria disparado contra os policiais que revidaram o ataque

Dois homens foram mortos durante confronto na madrugada de domingo com policiais militares do 24º Batalhão de Polícia Militar (BPM) no município de Alvorada, na Região Metropolitana de Porto Alegre. A ocorrência teve início por volta das 2h de hoje.

Conforme o comandante do 24º BPM, tenente-coronel Marcelo Fraga Carpes, uma guarnição estava fazendo patrulhamento no bairro Maria Regina, região conflagrada pela guerra do tráfico de drogas entre facções criminosas. Os PMs se depararam com um veículo Chevrolet Cobalt de cor branca em atitude suspeita e, quando foram realizar a parada e posterior abordagem do veículo, um dos ocupantes retirou uma arma e começou a efetuar disparos de arma de fogo contra a guarnição.

“Começou o acompanhamento tático, eles se perderam numa esquina e subiram em cima de um bueiro de esgoto. O carro ficou preso e eles fugiram para o interior de uma residência”, explicou o comandante do 24º BPM. Após a fuga, a guarnição seguiu em direção aos criminosos, já com apoio do Pelotão de Operações Especiais (POE).

Chegando na residência para onde eles fugiram, conforme o comandante, teve início um novo confronto armado e os dois homens morreram. Um deles estava com uma pistola Glock 9 mm com um adapatador chamado “kit roni”, que transforma a pistola em carabina.

O veículo, de acordo com o comandante, havia sido clonado e estava em situação de roubo. Um dos homens que morreu durante o confronto é conhecido como “Gordo Dé”, que estaria foragido do sistema prisional e seria dono de um ponto de venda de drogas.

Deixe uma resposta