Vieira da Cunha e Lasier Martins visitam ABAMF

97
Grupo registrou momento no final do encontro
Grupo registrou momento no final do encontro

O deputado federal Vieira da Cunha, o jornalista Lasier Martins – pré-candidato ao Senado –  e o secretário municipal do trabalho de Porto Alegre, Pompeu de Matos – todos do PDT – foram recebidos na ABAMF pelos dirigentes de entidades brigadianas na tarde de segunda-feira(16/12).  Os trabalhistas iniciaram conversa com as representações para conhecer as demandas e receber sugestões para o setor da segurança pública. Os dados serão usados na formação de plano de governo, uma vez que Vieira da Cunha foi confirmado como pré-candidato ao governo do RS na convenção do partido, realizada dia 7 de dezembro. “A categoria tem grande peso e tratamos a segurança pública como prioridade. Nossa preocupação é atualização na área com dados confiáveis”, afirmou Vieira da Cunha.

Vieira da Cunha conheceu prioridade do nível médio no momento
Vieira da Cunha conheceu prioridade do nível médio no momento

Participaram do encontro, ABAMF,  Regional Novo Hamburgo (presidente Jorge Gonçalves Cardoso e o 1º secretário Luiz Ortiz); Regional Santa Maria(presidente João Corrêa e diretor Jonh Wayne); ASSTBM (diretores Alex Caiel e Dagoberto Valteman), ABERGS(coordenador-geral Ubirajara Ramos e coordenador-adjunto Florisbelo Dutra), além de diretores estaduais da ABAMF e brigadianos convidados.

O presidente da ABAMF esclareceu aos políticos que as representações brigadianas estão unidas na busca de melhorias salariais e  na carreira. Leonel Lucas destacou, também, o apoio a independência dos bombeiros. E, lembrou da boa recepção no gabinete do deputado federal nas mobilizações em Brasília.

Diálogo aberto na busca de qualidade para a segurança pública
Diálogo aberto na busca de qualidade para a segurança pública

 Alex Caiel  explicou aos pedetistas o aumento do fosso salarial na Brigada Militar e a reivindicação das entidades pelo ingresso somente com o nível superior e carreira única na Corporação. Ressaltou, ainda, as vagas disponíveis para promoções,  que não são preenchidas.

Lasier Martins afirmou que sempre defendeu a BM como força exemplar. “O trabalhismo se identifica com gente que trabalha. Isso faz com que tenhamos identidade de interesse”.

O coordenador-geral da ABERGS mostrou em números a situação dos bombeiros. Ubirajara Ramos informou aos políticos que 400 municípios gaúchos estão sem bombeiros e que a luta pela independência dos heróis do fogo na busca de melhores condições de trabalho e salário já obteve êxito em 23 estados brasileiros. ” A desvinculação está prevista desde 1988″, lembrou.

O secretário municipal do trabalho de Porto Alegre desvendou um dos motivos da visita aos brigadianos: ” Nas entidades temos uma bela  contribuição, pois encontramos conhecimento e honestidade”, disse Pompeu de Matos, recordando prejuízos que os brigadianos tiveram com o fim do bolsa-formação e os constantes adiamentos da votação da PEC 300, em segundo turno.

Regionais estiveram na Capital para acompanhar a conversa
Regionais estiveram na capital para acompanhar a conversa

Paulo Rogério N. da Silva

Jornalista ABAMF