Deslocamento de brigadianos causa preocupação em Santa Maria

220

imagesO presidente da Câmara dos Dirigentes Lojistas (CDL), Jacques Eskenazi Neto, e o comandante do 1º Regimento de Polícia Montada de Santa Maria, tenente-coronel Sidenir Cardoso de Oliveira, debateram, no ínicio de maio,  a questão da redução do efetivo na cidade durante a Copa do Mundo.

O envio de cerca de 250 brigadianos de Santa Maria para Porto Alegre causa preocupação nos empresários em relação à segurança, já que o número corresponde a aproximadamente 25% do efetivo de Santa Maria.

O comandante garantiu que a cidade não ficará desassistida, já que a situação vem sendo planejada.”Vamos cumprir a rotina e reforçar o policiamento em determinados momentos.”

A Regional ABAMF Santa Maria também estará fiscalizando o horário de trabalho dos brigadianos, a fim de evitar que os trabalhadores sejam levados a extremos em razão do governo gaúcho priorizar o evento esportivo  em detrimento da segurança da população gaúcha em várias localidades do interior do RS.

Paulo Rogerio N. da Silva

Jornalista ABAMF