Secretário da Segurança e BM afirmam que “prende-solta” aumenta criminalidade

149
O secretário da Segurança Pública, Vantuir Jacini, também reclamou do "prende-solta" Foto: Eduardo Matos  / Rádio Gaúcha
O secretário da Segurança Pública, Vantuir Jacini, também reclamou do “prende-solta”
Foto: Eduardo Matos / Rádio Gaúcha

Segurança é reforçada após morte de menina na Capital

Menina de 7 anos foi morta durante troca de tiros em Porto Alegre

O comandante do 1º Batalhão de Brigada Militar, tenente-coronel Antônio Maciel Júnior, afirma que a segurança foi reforçada na região do Bairro Vila Nova, zona sul de Porto Alegre, onde a menina Laura Machado Machado, 7 anos, foi morta com um tiro de fuzil. Maciel afirma, ainda, que o setor de inteligência também vai ampliar os esforços para evitar novos tiroteios entre grupos rivais de traficantes.

Em entrevista ao Gaúcha Repórter, Maciel reclamou que muitos dos que trocam tiros na região já foram presos várias vezes e são soltos em seguida. Deu, inclusive, um dado que chama a atenção. Segundo ele, 42% dos presos em 2013 e 2014 na região atendida pelo Comando de Policiamento da Capital são reincidentes. E um dado mais impressionante ainda. Que 56 desses presos reincidentes somam 700 prisões.

“Se vocês fizer uma média. Cada um foi preso 12,5 vezes. Isso a sociedade tem que saber”, desabafou o militar.

Ainda conforme o comandante, 1.400 pessoas na área do Comando de Políciamento da Capital foram presas mais de 4 vezes. Ainda sobre os reincidentes, disse que 3,3% eram foragidos e que 9,2% eram adolescentes. Maciel também deu alguns dados sobre as ocorrências nessa região onde a menina foi morta. Disse que foram 18 presos neste ano e armas e munição foram apreendidas.

O secretário da Segurança Pública, Vantuir Jacini, também reclamou do “prende-solta”. Confira a entrevista na integra abaixo.

A Policia Civil pede que as pessoas passem informações sobre o caso através do Disque Denúncia da Delegacia de Homicídios, no telefone 51 – 84167750. O corpo da menina Laura Machado Machado, de 7 anos, foi sepultado no fim da tarde desta sexta-feira (17), no Cemitério da Santa Casa, em Porto Alegre.

Rádio Gaúcha