DIÁRIO DE SANTA MARIA: Posto da Brigada Militar no bairro Santa Marta não reabrirá mais

100
Posto já recebeu nova pintura e não apresenta mais símbolo da BM Foto: Ronald Mendes / Agencia RBS
Posto já recebeu nova pintura e não apresenta mais símbolo da BM
Foto: Ronald Mendes / Agencia RBS

Posto já estava desativado há pelo menos quatro anos, mas moradores tinham esperança que fosse reativado

“Antes, as crianças saíam para a rua para brincar. Hoje em dia, de noite, não dá mais para sair de casa”. Esse é o relato de Neuza Homercher, que, junto do marido Carlos Homercher, mora na Rua Antônio de Porto Alegre, no bairro Santa Marta, zona oeste de Santa Maria, há mais de 30 anos. A tranquilidade relatada pelo casal era garantida, em parte, por um posto policial da Brigada Militar bem em frente à residência do casal.

Porém, o local está desativado há pelo menos quatro anos. Além disso, o aumento da criminalidade piorou a situação. Mas, na última semana, veio uma notícia nada animadora para a família Homercher e seus vizinhos. A Brigada entregou a estrutura para a prefeitura, que é proprietária do local, e não há a possibilidade de que o posto policial volte a funcionar. O posto, inclusive, já foi pintado e não estampa mais o emblema e o nome da Brigada Militar.

_ Faz falta o policiamento aqui, o pessoal se sente inseguro. De noite, é muito perigoso. Esses dias, não eram nem 17h, e uma jovem foi assaltada na rua _ relata o estudante Bruno Menezes, 20 anos, morador do bairro.

_ Não tínhamos mais condições de manter o policiamento no posto. A diminuição desses postos é uma tendência, porque temos que ter, no mínimo, quatro policiais para simplesmente cuidar desse posto _ afirma o comandante interino do 1º Regimento de Polícia Montada (1º RPMon), Major Paulo Antônio Flores de Oliveira.

No entanto, o major Paulo Antônio garante que a comunidade não ficará desassistida. Conforme o comandante, o local recebe rondas de viaturas com frequência e, em determinados momentos, viaturas e policiais até poderão usar o posto para monitoramento por algumas horas.

_ Em razão dessas necessidades temos feito dinâmicas com policiamento motorizado. Mas, o policiamento na região vai continuar, a viatura vai fazer paradas estratégicas próxima ao posto _ reforça o major.

De acordo com a assessoria de comunicação da prefeitura de Santa Maria, o antigo posto agora passa por reformas e vai abrigar um Centro de Referência de Assistência Social (Cras), onde funcionarão projetos sociais da prefeitura.

DIÁRIO DE SANTA MARIA