Ex-comandante-geral da Polícia Militar de SC assume direção da Força Nacional

133
Coronel Nazareno Marcineiro deixou o comando da PM catarinense em maio de 2014 Foto: Betina Humeres / Agencia RBS
Coronel Nazareno Marcineiro deixou o comando da PM catarinense em maio de 2014
Foto: Betina Humeres / Agencia RBS

Organizar a segurança dos Jogos Olímpicos de 2016 será uma das primeiras e principais tarefas do coronel Nazareno Marcineiro

O coronel Nazareno Marcineiro, ex-comandante da Polícia Militar de Santa Catarina e atualmente na reserva da corporação, após 35 anos de trabalho, é o novo diretor da Força Nacional Brasileira. O convite foi feito pela Secretaria Nacional da Segurança Pública, sendo que o nome do coronel foi bem aceito também pelo Ministério da Justiça.

O efetivo da Força Nacional conta com 1,5 mil homens e é acionado toda vez que um governador ou um ministro de Estado pede auxílio federal para conter atos que podem sair do controle das forças de segurança locais.

Estará sob o comando de Marcineiro organizar e controlar a segurança dosJogos Olímpicos no ano que vem, no Brasil. Para as Olimpíadas, o efetivo deverá aumentar para 8 mil homens e caberá ainda ao ex-comandante da PM de Santa Catarina a missão de gerenciar o recrutamento, a capacitação e a aquisição de equipamentos e armamento, bem como a alocação do efetivo no Rio de Janeiro durante os jogos.

Em Santa Catarina, o coronel Nazareno Marcineiro comandou a Polícia Militar por três anos e meio e, neste período, contou com o auxílio da Força Nacional nos episódios de atentados criminosos comandados por uma facção criminosa catarinense.

ZERO HORA