Para a Globo os “Jovens” ladrões são vítimas e o PM é o criminoso.

207

PM prende policial que atirou em jovens após perseguição em SP

Jovens baleados por PM em perseguição na Zona Sul de SP aguardavam resgate do SAMU (Foto: Reprodução/TV Globo)
Jovens baleados por PM em perseguição na Zona Sul de SP aguardavam resgate do SAMU (Foto: Reprodução/TV Globo)

Policial atirou depois de adolescentes terem caído; eles ficaram feridos.
Imagens mostraram a perseguição após roubo de moto.

A Polícia Militar prendeu administrativamente o policial que atirou em dois jovens, de 16 e 17 anos na noite desta terça-feira (23) na Zona Sul de São Paulo, segundo o SPTV. Os adolescentes já estavam caídos quando o policial militar disparou após uma longa perseguição no Jardim São Luís.A perseguição foi gravada e a Corregedoria da PM investiga o caso.

Um dos jovens foi levado para o Hospital Campo Limpo e a família reclamou ao Bom Dia São Paulo que não podia visitá-lo e não tinha informações sobre o estado de saúde porque ele estava sob custódia da polícia no Pronto-Socorro. Ele seguia internado até a tarde desta quarta-feira (24).  O outro rapaz foi ferido com três tiros, um na nádega e dois na perna e está em estado estável.

Helicóptero da TV Bandeirantes acompanhou a perseguição por ruas e avenidas da Zona Sul após os jovens terem roubado uma moto.

O secretário da Segurança Pública, Alexandre de Moraes, disse que o policial cometeu uma “séria irregularidade”.

“As imagens são muito fortes, demonstram que os criminosos que atiraram, mesmo tendo atirado neles, já estavam no chão. E há o desferimento de tiros. Ele vai se defender, acredito que alguma coisa ele deva ter a dizer, mas pelas imagens ele praticou uma séria irregularidade”, disse.

“Nós temos que dar o direito de defesa, mas pelas imagens a constatação é de uma séria irregularidade por parte do policial, aonde indivíduos já deitados, sentados, sob o domínio da polícia, acabaram sendo alvejados por tiros. Então está disciplinarmente preso e afastado do policiamento, e a Corregedoria já iniciou imeadiata a sindicância para, o mais rápido possível, isso ser solucionado”, completou.

As imagens mostram que os dois adolescentes na moto são seguidos de perto por um policial da Rocam-Ronda Ostensiva com apoio de motocicletas da Polícia Militar.

Um dos adolescentes joga o capacete em direção ao policial, que reage com disparos. As imagens mostram que a moto parece encostar e fica encoberta pelo telhado da casa. É possível ver que o policial atira pelo menos mais uma vez. O policial, então, desce da moto e vai até os suspeitos que estavam caídos. Ele se agacha e parece pegar uma arma que estava com um dos jovens. Em seguida, é possível ver duas luzes de tiros em direção ao chão.

O dono do bar próximo ao local dos tiros estava servindo os clientes quando ouviu os tiros.
“De repente, o que eu escutei foi os tiros, né? Aí, tinha umas crianças aí, eu falei: Vem gente, é troca de tiro, entra pra dentro, entra pra dentro, né?”, disse o comerciante Pedro Alves Pereira.

Segundo a assessoria de imprensa da Secretaria da Segurança Pública, a Polícia Civil, a Polícia Militar e a Corregedoria investigam o caso.

Do G1 São Paulo