Comando dos Bombeiros nega redução de 15% de salva-vidas no Litoral gaúcho

168
Em Arroio do Sal, ausência de salva-vidas foi constatada já nesta terça-feira Foto: Ivanete Marzzaro / Divulgação
Em Arroio do Sal, ausência de salva-vidas foi constatada já nesta terça-feira
Foto: Ivanete Marzzaro / Divulgação

Em nota, corporação afirma que efetivo para 2016 é próximo ao empregado no verão passado

Ao contrário do informado na terça-feira pela coordenação administrativa da Operação Golfinho, o chefe do Estado-Maior do Corpo de Bombeiros e comandante dos salva-vidas, tenente-coronel Evaldo Rodrigues de Oliveira Junior, garante que não haverá redução significativa do efetivo à beira-mar neste veraneio. A reportagem apurou que a projeção é 15% a menos de socorristas em comparação ao ano passado. Nos últimos dias, frequentadores de praias do Litoral Norte encontraram dezenas de guaritas vazias.

De acordo com a nota divulgada nesta quarta-feira pela Secretaria de Comunicação do Governo do Estado, os 470 salva-vidas militares formados numa primeira turma e outros 484 profissionais que concluem a formação no dia 3 de janeiro vão compor os postos de salvamento em todo o litoral gaúcho e nos balneários. Ao efetivo militar, somam-se mais 58 salva-vidas civis temporários que encerram o curso de capacitação nesta quinta-feira e assumem a atividade a partir de 1º de janeiro. No total, conforme o tenente-coronel, serão 1.012 socorristas. No verão passado, eram 1.027.

O major Cláudio Ricardo Pereira, coordenador administrativo da Operação Golfinho, afirmou que serão cerca de 900 salva-vidas durante o veraneio: de 20 guaritas à beira-mar no Litoral Norte, três estarão vazias, em média.

— Temos um aporte de efetivo de salva-vidas neste final de ano muito próximo ao efetivo empregado no mesmo período no ano de 2014 — contradiz o tenente-coronel no comunicado.

O oficial reforçou ainda que o pagamento de diárias de viagens aos instrutores e equipes técnicas de apoio administrativo e de ensino dos cursos de Salvamento Aquático está em dia. Os cursos iniciaram em 23 de novembro desde ano.

ZERO HORA