Em reunião com Defensoria Pública, Banrisul se compromete a não bloquear 13º a inadimplentes

130

Banrisul2-960x600Banco garantiu vai propor acordo a servidores, sem impedir acesso ao benefício

O cliente com pendências com o Banrisul vai receber uma proposta de acordo, mas não vai ter o acesso impedido ao 13º salário. A decisão do banco foi comunicada à Defensoria Pública do Estado, hoje, após encontro motivado por denúncias de dificuldades para a liberação do dinheiro. Sem condições de pagar, o Estado optou por liberar financiamento com juro zero para os servidores. Mas parte deles alegou que não conseguiu sacar o 13º por já ter pendências com o banco.

Ficou garantido, conforme a Defensoria, que não vai haver coação para firmar acordo judicial ou extrajudicial junto à instituição financeira, como condição para a liberação da gratificação natalina. O órgão de defesa público garante que se manterá atento a eventuais lesões aos direitos dos trabalhadores. A reunião de hoje foi realizada com o propósito de evitar ações judiciais contra o banco, como a Fessergs já anunciou que vai fazer.

Na avaliação da Defensoria Pública, as tratativas realizadas hoje foram exitosas e ficou garantido, ainda, que o 13º salário também não vai ser negado para aqueles com ação judicial em trâmite contra o banco.

Fonte:Samuel Vettori/ Rádio Guaíba