Pai de brigadiano assassinado desabafa em mensagem na internet

196

12366279_1506582259645274_8909985707037130910_nO brigadiano  Marlon da Silva Correa(20°BPM), 29 anos, faleceu na noite de 21 dezembro, após ser baleados por assaltantes,  semana passada, na zona norte de Porto Alegre. Uma sequência de fatos, como o aumento da violência pela fragilidade da lei, a falta de efetivo e a falha de equipamentos, colaboraram para a tragédia, bem próximo do Natal.

O pai do soldado, Cilon Correa, desabafou em  mensagem na internet. A irresponsabilidade de alguns e a maldade de outros provoca essa dor que nunca irá passar. Mas o pai do soldado Cilon terá na lembrança o orgulho de que o filho expôs a vida para proteger pessoas inocentes. A dor do Senhor Cilon é a dor de todos os brigadianos que, diariamente, colocam a vida em risco para proteger a sociedade e, muitas vezes, sequer, têm o valor dessa vital ação reconhecida.

Mensagem do pai do SOLDADO CORREA

IMG-20151222-WA0000