Prefeitura de Nova Palma recolhe assinaturas para pedir mais segurança

74
Abaixo-assinado segue até o dia 30 de dezembro Foto: Prefeitura de Nova Palma /Divulgação
Abaixo-assinado segue até o dia 30 de dezembro
Foto: Prefeitura de Nova Palma /Divulgação

Abaixo-assinado segue até o dia 30 de dezembro; déficit de no efetivo policial chega a 56% no município

Até o dia 30 de dezembro, a prefeitura deNova Palma, na Região Central, recolhe assinaturas de moradores do município em um abaixo-assinado que pede mais segurança e aumento do efetivo policial.

Entre outubro e dezembro de 2015, foram diversos casos de violência. No fim de novembro, por exemplo, criminosos agrediram um homem de 76 anos e outras duas pessoas em um assalto a uma residência, e uma das vítimas foi obrigada a dirigir mais de 50km até ser liberada. De acordo com o prefeito de Nova Palma, Adroaldo Santi, o abaixo-assassinato foi uma sugestão da Promotoria de Justiça após uma audiência pública.

O objetivo é exigir judicialmente que o Estado garanta a segurança dos moradores. As assinaturas pedem aumento do efetivo policial. Conforme o Comandado Regional da Brigada Militar, o déficit de efetivo em Nova Palma chega a 56%. O previsto pelo Comando eram 12 policiais, mas hoje apenas cinco trabalham no policiamento.

Depois de recolhidas as assinaturas, a Promotoria fará os encaminhamentos necessários. Locais onde há recolhimento: Prefeitura, Camnpal, Sindicato, Emater, Banco do Brasil, Banrisul, Sicredi, Cresol, Escolas Tiradentes, Dom Érico Ferrari, Pe. João Zanella, Cândida Zasso e Ana Löbler, Posto de Saúde da cidade, ACIS, Comunidade do Comércio e Camnpal Unidade São Cristóvão.

GAÚCHA SM