Rio de Paz homenageia PMs mortos com intervenção na orla de Copacabana

139

riodepaz5280A ONG Rio de Paz realiza, nesta quinta-feira (10), uma homenagem aos policiais militares mortos em 2015. Através de cartazes com fotos das 61 vítimas, a intervenção na Praia de Copacabana, Zona Sul do Rio de Janeiro, é uma forma de cobrar do governo a melhoria das condições de trabalho da categoria, além do amparo aos familiares de PMs assassinados e socorro aos feridos durante o exercício da profissão. Às 11h30, parentes e colegas levarão flores ao local.

Na página oficial da Rio de Paz no Facebook, Costa afirma que o ato foi marcado para o Dia da Declaração Universal dos Direitos Humanos para lembrar que esse compromisso não pode ser seletivo. “Nós, que fazemos parte dos movimentos de direitos humanos, historicamente, nas mais diferentes partes do mundo, vemos o Estado como o grande perpetrador da violação de direitos. Pelo fato de as forças policiais serem agentes do Estado, nos esquecemos que, devido às suas condições de trabalho, elas podem ser vítimas dessas mesmas violações. Não há dúvida de que esse é o caso da relação entre poder público e a Polícia Militar do Rio de Janeiro”, afirma Antônio Carlos Costa, fundador da ONG.

Jornal do Brasil