ALIMENTAÇÃO RETROATIVA

204

TC-RS-800x500_cOs conselheiros do Tribunal de Contas do Estado vão ganhar um presente atrasado do Papai Noel: auxílio-alimentação retroativo a cinco anos, como já fizeram o Judiciário e o Ministério Público.

O ex-presidente Cezar Miola segurou o pagamento, mas seu sucessor, Marco Peixoto, decidiu iniciar o depósito do vale de R$ 799 a partir deste mês. Os atrasados – cerca de R$ 50 mil para cada um – serão pagos conforme a disponibilidade de caixa do TCE . Dois conselheiros renunciaram ao auxílio-alimentação: Miola e Estilac Xavier. A dupla também abriu mão do auxílio-moradia.

ZERO HORA