Brigada reforça policiamento no bairro Bom Jesus, em Porto Alegre

114
Barricadas foram destruídas na região na terça-feira Foto: Brigada Militar /divulgação
Barricadas foram destruídas na região na terça-feira
Foto: Brigada Militar /divulgação

Disputa pelo tráfico na região se intensificou na semana passada

A fim de coibir a briga de duas gangues instaladas no bairro Bom Jesus, na zona leste de Porto Alegre, a Brigada Militar reforçou o policiamento, principalmente, na Vila Jardim. A disputa pelo tráfico começou nos primeiros dias de 2016 e se intensificou na semana passada.

Desde então, policiais militares do 11° BPM e do Batalhão de Operações Especiais (BOE) têm feito ações rotineiras, em diversas horas do dia. De acordo com o comandante do Policiamento da Capital, tenente-coronel Mário Ikeda, estão ocorrendo barreiras e abordagens.

Na terça-feira (19), duas barricadas de concreto e madeira foram destruídas pela BM na região. Elas estavam nas ruas Comendador Eduardo Secco e Beco do Carvalho, bairro Jardim Carvalho, próximo a uma escola.

No domingo (17), um homem foi decapitado na região, e a cabeça dele foi encontrada em uma das entradas do bairro Bom Jesus. Já o restante do corpo foi encontrado na Avenida Protásio Alves.

No perfil da vítima – identificada como Jéferson de Oliveira Lapuente – nas redes sociais, foram postadas fotos do crime com mensagens contra a facção de traficantes “Os Bala na Cara”.

Durante a noite do domingo, o Pronto Atendimento da Vila Bom Jesus ficou fechado por seis horas. De acordo com a Secretaria Municipal de Saúde, tiroteios e confrontos entre traficantes obrigaram o fechamento do local.

Já no sábado (16), um triplo homicídio vitimou Sanderson Mano, 41 anos, e seus sobrinhos Ismael Mano, 16 anos, e Robson Jonatan Mano dos Santos, 17 anos, no mesmo bairro.

GAÚCHA