Porto Alegre registra dez presos em delegacias há mais de 24h

120

17909489Sindicato de policiais promete voltar à Justiça para que situação não se repita

Porto Alegre registra dez presos em delegacias há 24h ou mais, na tarde desta quinta-feira. Parte deles está desde terça na carceragem da Polícia Civil, na 3ª Delegacia de Polícia de Pronto Atendimento (DPPA). Conforme o delegado responsável pelas DPPAs, o número de detentos era maior e “a situação melhorou durante a tarde”, depois que a Susepe conseguiu vagas para parte do grupo.

O sindicato dos escrivães, inspetores e investigadores da PC promete voltar a acionar a Justiça para evitar que presos fiquem mais de 24h nas unidades de Polícia. A representação buscou a justiça quando, recentemente, o mesmo problema foi constatado. O Judiciário, no entanto, já negou por duas vezes a liminar, alegando ser esporádica a situação.

Para a Ugeirm, as delegacias não dispõem de estrutura para manter presos por muito tempo: não possuem banheiros adequados nem instalações para refeições. Além disso, a permanência coloca em risco a integridade física dos policiais e população que procura as delegacias para registrar ocorrência. “A possibilidade de um tentativa de resgate ou um possível conflito entre grupos rivais é real”, cita nota da entidade.

Fonte:Samuel Vettori / Rádio Guaíba