Presos do semiaberto irão trabalhar na limpeza das ruas na Capital

106
Prefeito em exercício (esq) e governador Sartori participaram de reunião hoje Foto: Reprodução/Twitter
Prefeito em exercício (esq) e governador Sartori participaram de reunião hoje
Foto: Reprodução/Twitter

Oitenta presos irão ajudar a retirar árvores das vias após temporal

A partir de segunda-feira (1º), 80 presos do regime semiaberto, supervisionados pela Superintendência de Serviços Penitenciários (Susepe), irão ajudar na limpeza das vias de Porto Alegre. O anúncio foi feito neste domingo após reunião entre o governador José Ivo Sartori, o secretário de Segurança, Wantuir Jacini, e o prefeito em exercício da Capital, Sebastião Melo.

Os detentos irão se somar aos profissionais do Exército, aos garis e às equipes da EPTC que têm feito o trabalho de limpeza da cidade.

Outra medida anunciada após a reunião é o reforço no policiamento pela Brigada Militar nos bairros que ainda seguem sem energia elétrica. Segundo a CEEE, são mais de 100 mil imóveis que permanecem sem luz.

Durante entrevista coletiva, o prefeito em exercício disse que todas as estações do Dmae estão bombeando água e a previsão é de que até a madrugada todos os moradores da Capital tenham abastecimento de água em suas casas. O serviço havia sido interrompido em boa parte da cidade por causa da falta de energia elétrica.

Segundo Sebastião Melo, a prioridade neste momento é garantir que toda a população tenha restabelecidos os serviços de água e de energia elétrica. Sobre a limpeza da cidade, ele disse que o processo deve levar pelo menos 15 dias, já que a demanda é muito grande.

“Somente hoje retiramos 30 toneladas (de árvores)”.

GAÚCHA