Sartori não dá perspectiva para reforço de PMs e brinca com parcelamento de salários

158

16703154O governador José Ivo Sartori voltou a falar sobre o parcelamento de salários do funcionalismo em tom de ironia. Em entrevista ao programa Frente a Frente, da TVE, nesta terça-feira (05), Sartori utilizou o placar do clássico Gre-Nal 407 (quando o Grêmio venceu o Internacional por 5 x 0, na Arena) para se referir ao fatiamento do vencimento dos servidores.

“As pessoas perguntam: e o meu salário como é que você vê? Foi que nem aconteceu no Gre-Nal. Deu aquele Gre-Nal fatídico, lá. O cidadão chegou e disse o seguinte: ‘Bah, foi cinco porque o Sartori parcelou. Se não, seria 10’”, disse aos risos.

Na entrevista, o governador falou sobre outros temas caros ao Estado, como por exemplo, a área da segurança. Questionado sobre a contratação de mais policiais, Sartori não deu esperança de convocação de aprovados em concursos.

“Se não consigo pagar quem já está na máquina, como é que vou botar mais gente para dentro?”.

O governador reconheceu que os problemas da área de segurança são graves. E, também, admitiu que o número de aposentadorias é elevado, mas não deu prazo para nomear os já aprovados.

GAÚCHA