Brasil tem o quarto pior índice de qualidade de vida entre 36 países

136
A falta de segurança da população é um dos itens que mandam o Brasil para o fim da fila
A falta de segurança da população é um dos itens que mandam o Brasil para o fim da fila

A falta de segurança da população é um dos itens que mandam o Brasil para o fim da fila

O Brasil ocupa a 33ª posição em um ranking de bem estar e felicidade entre 36 países avaliados pela OCDE, Organização para Cooperação e Desenvolvimento Econômico. No final da lista aparecem Chile em 34º, México em 35º e Turquia no último lugar.

O “Índice Para Uma Vida Melhor”, que faz contraponto ao PIB – Produto Interno Bruto, considera indicadores de moradia, salário, emprego, vida em comunidade, educação, meio ambiente, compromisso cívico, saúde, satisfação de vida, segurança e equilíbrio entre vida e trabalho. A organização pretende, com a divulgação dos números, ajudar os países na elaboração de suas políticas de desenvolvimento.

Segundo o relatório, divulgado nesta terça, o Brasil progrediu nos últimos anos ao melhorar a qualidade de vida dos cidadãos. A constatação parte do indicador de satisfação geral da população, que é maior do que a média dos outros países: 82% dos brasileiros afirmam ter mais experiências positivas do que negativas no dia a dia, quando a média do relatório está em 80%. Porém, as notas baixas em critérios como salários (zero), educação (1,4) e segurança (2,7), mantém o país no fim da fila.

No ano passado, o Brasil ocupava a 34º posição do ranking.

Do BOL, em São Paulo