MEDIDAS MAIS FORTES: PDT vai a Sartori por mais segurança

158

17854029Sartori não terá vida fácil se quiser manter o secretário Wantuir Jacini na Segurança. Há descontentamento generalizado na base.

O PDT pedirá agenda com o governador José Ivo Sartori (PMDB), nesta semana, para cobrar que o governo resolva os problemas na segurança pública do Estado. “A atual situação exige ações mais fortes. Necessita da real presença ostensiva das polícias para diminuir a atuação da criminalidade e a sensação de insegurança que a população está vivenciando”, explica o presidente do estadual PDT, deputado federal Pompeo de Mattos. O dirigente conta que pretende estar acompanhado do senador Lasier Martins (PDT) na audiência. O senador, segundo ele, tem se mostrado muito preocupado com os relatos que tem recebido, em Brasília, e quando está em Porto Alegre. Enio Bacci (PDT), deputado estadual, diz que falta um plano de ações mais enérgicas da Segurança. “Às vezes, o improviso até pode dar certo, aqui e ali. Mas precisamos de resultados efetivos”, pontua Bacci. A pressão sobre o Piratini também é reflexo da exposição negativa que a bancada do PDT na Assembleia julga ter sido submetida com os polêmicos projetos de Sartori. Diante disso, o plano dos deputados é pedir que Pompeo e os demais membros da Executiva estadual se posicionem sobre cada novo projeto do governador. “Houve o pedido. Vamos decidir coletivamente, com diálogo”, confirma Pompeo. A versão nos bastidores é mais forte: deputados estariam incomodados por serem os únicos cobrados pelo voto favorável nos projetos de Sartori. “Só a imagem do deputado é manchada pelas críticas, mas cargos no governo todos no partido querem”, revela um assessor.

CORREIO DO POVO