REAJUSTE A MAGISTRADOS – Piratini libera discussão de projeto

128

thumbCom a liberação do Piratini para que os aliados discutam o projeto PL 21/16 — que define vinculação automática do reajuste salarial dos magistrados do RS ao dos ministros do STF — a Comissão de Constituição e Justiça da Assembleia poderá definir o relator e encaminhar os primeiros debates sobre a matéria. Havia três semanas que o quórum era retirado a pedido do governo estadual, pois o tema é considerado áspero na atual conjuntura das finanças estaduais. Presidente da CCJ, o deputado Vilmar Zanchin (PMDB) acredita que a discussão iniciará pela escolha do relator. “Esse é tema complexo. Existem visões divergentes dentro da comissão”, revelou ontem. Nos bastidores, circula a informação de que a liberação foi alívio para os deputados da base, já que há dezenas de projetos travados pela matéria. “Toda semana alguém do governo liga e pede para um deputado faltar à sessão da CCJ. Isso já estava desconfortável”, conta um assessor parlamentar.

CORREIO DO POVO