Há mais de um mês, Rio Grande tem apenas uma unidade aberta dos Bombeiros

111
Quartel central é o único aberto todos os dias Foto: Karoline Ávila /Rádio Gaúcha
Quartel central é o único aberto todos os dias
Foto: Karoline Ávila /Rádio Gaúcha

Afastamento de 15 bombeiros impede abertura dos três quartéis

Apenas uma das três unidades do Corpo de Bombeiros funciona todos os dias para atender mais de 200 mil habitantes em Rio Grande. O afastamento de 15 bombeirospor problemas de saúde impede desde o dia 12 de março a abertura de todos os quartéis.

Sem servidores para cumprir os turnos, a unidade do Balneário Cassino está permanentemente fechada. Segundo o 3° Comando Regional dos Bombeiros, para auxiliar o funcionamento do quartel central, em dias alternados, uma equipe atende no Bairro Trevo.

Segundo o comandante do 3° Comando Regional dos Bombeiros, major André Silvério, os atestados começaram a chegar em fevereiro. A maioria dos servidores afastados alega estresse e sobrecarga de trabalho.

“Não existe alternativa e nem previsão para que todas as unidades voltem a funcionar. Cada bombeiro está trabalhando por três”, afirmou Silvério.

A defasagem de efetivo chega a 76% em Rio Grande. Inclui servidores aposentados, em férias e com atestado médico. Dos 110 bombeiros, apenas 26 estão trabalhando.

 

GAÚCHA