Parcelamento de salário leva servidora a registrar boletim de ocorrência contra o governo em Bento Gonçalves

121

fazenda-960x600Funcionária se declarou envergonhada por não conseguir honrar compromissos com credores

Uma servidora pública estadual lotada em Bento Gonçalves registrou um boletim de ocorrência em função do parcelamento de salários promovido pelo governador José Ivo Sartori. O registro foi feito em uma delegacia da cidade. Nesta sexta-feira, o boletim foi encaminhado ao Departamento de Polícia do Interior (DPI). O nome e a área de atuação foram preservados a pedido dela.

Ao registrar a ocorrência, a servidora alegou ter trabalhado durante todo o mês de março e, no dia 31, recebido o vencimento de forma parcelada. Além disso, disse estar com a moral abalada e envergonhada pelo fato de estar devendo a credores.

Nesta sexta, o Palácio Piratini pagou a quinta parcela, de R$ 350, dos salários de março do funcionalismo. Com isso, tiveram integralizados os vencimentos os servidores que recebem até R$ 2,4 mil. Para os demais, que equivalem a 40% da folha, a Secretaria da Fazenda projeta liberar mais quatro parcelas, até o dia 20. Para isso, ainda devem entrar nos cofres R$ 345 milhões.

Para atingir o patamar pago hoje, a Pasta usou quase R$ 53 milhões de recursos do pagamento do IPVA pela placa. O calendário para o pagamento do imposto termina em abril.

Apesar de manter a expectativa de quitar a folha até o dia 20, a Fazenda deixa claro que isso depende do comportamento da arrecadação e do risco de bloqueio das contas pelo atraso da dívida com a União. Nesse caso, toda a arrecadação deve ser usada até que se complete a parcela de R$ 278 milhões, referente ao mês de março. Até agora, foram pagos R$ 235 milhões.

Fonte:Lucas Rivas/Rádio Guaíba