Voltam para Santa Maria 16 dos 66 policiais que reforçavam operação na Capital

119

17174638Não há data definida para os demais retornarem

Dezesseis policiais do 2º Batalhão de Operações Especiais (2º BOE) que reforçaram uma operação de combate ao tráfico em Porto Alegre voltaram para Santa Maria. Com eles, quatro viaturas.

Em março, haviam sido encaminhados para a Capital 66 policiais militares do BOE e dez viaturas. Além deles, 21 temporários, do setor administrativo, deixaram seus postos e tiveram que ser substituídos por aqueles que faziam policiamento nas ruas. O saldo final era de 87 policiais a menos nas ruas.

De acordo com coronel Worney Mendonça, do Comando Regional de Polícia Ostensiva (CRPO), a falta de policiais na rua durante o mês de março está fortemente relacionada ao aumento da criminalidade. Em 2015, foram 106 roubos a pedestres. Este ano, foram 142 – um aumento de 33%.

Ainda conforme o coronel Worney, o retorno dos policiais para Santa Maria já dá resultado.

“Agregamos a esses policiais mais motociclistas, equipes do 1º Regimento de Polícia Montada, do setor de inteligência, e os destinamos para atuar especialmente em grupos criminais que tiveram uma suba no mês de março”, diz.

Entre os grupos prioritários, estão casos de assassinato, roubo a pedestre, estabelecimentos comerciais, transportes públicos, veículos, abigeato e furto. Os profissionais que voltaram foram divididos em grupos que atuam com quatro motocicletas e duas viaturas com o intuito de combater justamente esses crimes.

Com relação aos crimes mais graves, como são os assassinatos, já é dia 15 e não houve nenhum caso em abril. Ano passado, no mesmo período, já tinham acontecido dois. Foram seis no total. Em 2016, são 11 casos. Em 2015, foram 15 de 1º de janeiro até 15 de abril.

Não há data definida para o retorno dos demais policiais para Santa Maria.

GAÚCHA SM