Convocação de 178 PMs não supre nem as aposentadorias de 2016

258

leonleO presidente da ABAMF alertou para a falácia do governo gaúcho ao afirmar que haverá reforço na segurança com a proximidade do início do curso dos 178 brigadianos nomeados no final de março “Desde o começo do ano, até abril, 332 PMs foram para a reserva. Esse grupo, portanto, não vai sequer suprir o déficit do momento e não implica em aumento da segurança”, afirmou Leonel Lucas.

Ainda há o agravante de que serão sete meses de curso até que os policiais militares estejam prontos e o processo de ingresso ainda não foi concluído.  Conforme o representante dos militares estaduais; “a pressa em colocar os soldados na rua sem que estejam preparados  é um sério risco de morte para a população e para os próprios PMs”.

Paulo Rogério N. da Silva

Jornalista ABAMF