Falta de efetivo em Santa Maria faz com que posto da BM não atenda 24h

127
Patrulhamento será feito pelo Batalhão de Operações Especiais Foto: Reprodução  / Reprodução
Patrulhamento será feito pelo Batalhão de Operações Especiais
Foto: Reprodução / Reprodução

Déficit chega até 53% no município

A falta de efetivo fez com que o posto da Brigada Militar (BM) na Vila Kennedy, Região Norte de Santa Maria, deixe de funcionar 24 horas.

De acordo com o subcomandante do 1º Regimento de Polícia Montada (1º RPMon), major Nei Brilhante, integravam o pelotão no posto seis Policiais Militares (PMs) que trabalhavam no reforço ao policiamento ostensivo (na rua). Por conta de um curso de aperfeiçoamento, esses profissionais não estarão mais disponíveis, o que exigiu um novo planejamento.

O 2º Batalhão de Operações Especiais (2º BOE) auxiliará no patrulhamento da região enquanto durar o curso. Houve a retirada do mobiliário do posto, por questões de segurança, já que o local permanecerá vazio.

Não há sinalização sobre a retomada do patrulhamento 24 horas a partir do posto da BM depois do fim do curso.

Hoje, há 263 PMs em Santa Maria e a defasagem é superior a 50%.

Posto podia ter fechado em outubro
O posto da BM na Vila Kennedy fecharia no fim de outubro de 2015 devido à falta de efetivo. Na ocasião, por conta do apelo da comunidade, o comando sinalizou que manteria o posto aberto por mais um mês.

O 1º RPMon explica que esse prazo foi utilizado para a elaboração do estudo técnico que apontou para a viabilidade da manutenção do posto. Ele permaneceria aberto indefinidamente caso a situação do efetivo se mantivesse ou melhorasse.

19202091
No posto ficou apenas o mobiliário antigo Foto: Reprodução / Reprodução
GAÚCHA